Evolução do emprego nos municípios com mais de 30 mil habitantes na RNF

A evolução do emprego nos municípios com mais de 30 mil habitantes, na Região Norte Fluminense, aflora uma importante discussão sobre a dinâmica econômica regional. No mês de dezembro, os saldos entre admissões e desligamentos foram negativos para Campos, Macaé e São Fidélis e São Francisco de Itabapoana, conforme a figura acima. Os saldos acumulados para o ano de 2009 não foram diferentes, salvando somente São Francisco de Itabapoana que conseguiu gerar em todo ano 110 empregos líquidos, enquanto Campos destruiu 183 empregos, Macaé 87 e São Fidélis, o campeão de destruição de empregos no ano, atingiu a marca de 879 empregos perdidos.
O município de Campos dos Goytacazes merece uma avaliação mais aprofundada. Observe no gráfico a seguir, a trajetória dos saldos de emprego ao longo do ano de 2009.












É inegável que o emprego no município é fortemente dependente da atividade sucroalcooleira, mesmo considerando as dificuldades com que convive o setor. No primeiro trimestre do ano, o município contabilizou resultados negativos de emprego. Com o início da safra em abril, o resultado neste mês alcançou 1.008 empregos líquidos, cuja participação do setor agropecuário foi de 75,19%. No mês de maio o resultado continuou positivo, alcançando o seu pico em junho, onde o saldo de emprego alcançou 1.663 admissões líquidas, com a participação do setor agropecuário em 67,47%. No quadrimestre julho a outubro, apesar dos saldos declinarem levemente, continuaram positivos. Nos meses de novembro e dezembro, já com a finalização da safra de cana-de-açúcar, os resultados voltaram a a ser negativos. Em novembro o município perdeu 1.034 empregos em função da demissão de 1.035 trabalhadores e em dezembro perdeu 2.414, sendo o setor responsável por 1.342 desligamentos.
A presente evolução do emprego no município mais importante da região deve se constituir em um elemento de discussão importante, já que diversas estratégias vem sendo discutidas pelo Fundecam no ambito do fomento financeiro a projetos estruturantes e de pequenos negócios.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra