Execução Orçamentária nos municípios de Macaé e Quissamã













Somente os municípios de Macaé e Quissamã disponibilizaram na base da Secretaria do Tesouro Nacional os dados da execução orçamentária referentes ao quarto bimestre de 2009. A figura acima permite a análise de indicadores importantes como receitas correntes, receita tributária, tranferências correntes, despesas com pessoal e investimento.
Macaé já executou 66,78% das receitas correntes, 105,26% da receita tributária, 56,78% das transferências correntes. Um dado importante é que a receita tributária representou nesse período 30,25% das receitas correntes. O município se beneficia dessa receita própria, em função do grande número de empresas que operam localmente. As transferências correntes representaram 59,57% das receitas correntes no mesmo período. Do lado da despesa, verifica-se o peso da folha de pagamento representando 45,44% das receitas correntes, enquanto o investimento chegou a 11,10%.
O município de Quissamã realizou 51,60% das receitas correntes, 41,04% da receita tributária e 51,78% das transferências correntes. A receita tributária alcançou somente 3,05% das receitas correntes, concentrando 94,14% nas transferencias correntes. O grau de dependência do município as transferências é substancial. Do lado da despesa, a folha de pagamento e os encargos consumiram 44,67% das receitas, enquanto o investimento consumiu somente 7,12%.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra