Evolução do emprego em agosto nos municípios com mais de 30.000 habitantes na RNF

O comportamento do emprego no Brasil consolidou, em agosto, uma tendência de crescimento que teve início em janeiro deste ano, após forte queda no período de setembro a dezembro de 2008, em função da crise financeira internacional que atingiu, especialmente, as empresas industriais exportadoras.
Na região Norte Fluminense o mês de agosto apresentou uma melhora em relação ao mês de julho, momento em que o muncípio de Macaé contabilizou um consistênte volume de demissões, gerando um saldo negativo de 660 empregos destruidos. Em agosto Macaé voltou a apresentar um saldo negativo mas o município de Campos manteve uma dinâmica positiva criando de 250 empregos e tendo o auxílio de São Francisco de Itabapoana que gerou 96 empregos no mês. Na avaliação da trajetória do emprego no ano, observa-se que Campos se materializou no motor da geração de emprego na região, papel antes desenvolvido por Macaé. Até agosto foram criados 2.990 empregos em Campos, 325 em Macaé e 124 em São Francisco. São Fidélis destruiu 647 empregos nesse ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra