Evolução do emprego em agosto nos municípios com mais de 30.000 habitantes na RNF

O comportamento do emprego no Brasil consolidou, em agosto, uma tendência de crescimento que teve início em janeiro deste ano, após forte queda no período de setembro a dezembro de 2008, em função da crise financeira internacional que atingiu, especialmente, as empresas industriais exportadoras.
Na região Norte Fluminense o mês de agosto apresentou uma melhora em relação ao mês de julho, momento em que o muncípio de Macaé contabilizou um consistênte volume de demissões, gerando um saldo negativo de 660 empregos destruidos. Em agosto Macaé voltou a apresentar um saldo negativo mas o município de Campos manteve uma dinâmica positiva criando de 250 empregos e tendo o auxílio de São Francisco de Itabapoana que gerou 96 empregos no mês. Na avaliação da trajetória do emprego no ano, observa-se que Campos se materializou no motor da geração de emprego na região, papel antes desenvolvido por Macaé. Até agosto foram criados 2.990 empregos em Campos, 325 em Macaé e 124 em São Francisco. São Fidélis destruiu 647 empregos nesse ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições