Movimento de Trabalho nos municípios com menos de 30.000 habitantes na RNF

A movimentação do emprego nos municípios da Região Norte Fluminense com menos de 30.000 habitantes, chama a atenção para duas situações especiais. O município de Quissamã, que apesar da volumosa receita de royalties, amarga a perda de vagas de trabalho neste ano. São 53 vagas perdidas no ano, o que para um pequeno município é um sério problema. As ocupações que mais desligaram durante o ano foram: servente de obras, costureiro de confecção em série, analista de sistema, pedreiro e repositores de mercadorias. Como pode se observar, duas atividades importantes, construção civil e confecção, parece apresentar problemas.
A segunda situação ocorreu no município de São João da Barra. No mês de julho, o saldo entre admissão e desligamento foi negativo, indicando um momento de transição entre processos específicos. Neste mês o saldo entre admissão e desligamento ficou negativo, indicando mais 68 desligamentos sobre as admissões. As ocupações que mais demitaram foram: servente de obras, montador de filmes e motorista de caminhão. Um fato que chamou atenção foi o número de demissões por justa causa no mês. Foram 11 desligamentos, sendo 7 serventes de obras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições