LLX tem licença para construir pátio logístico no porto do Açu

Sob o foco do questionamento de inconstitucionalidade pelo Ministério Público Federal, as obras do Porto do Açu avançam e a LLX ainda tem a licença ambiental do projeto de contrução do pátio logístico liberada pelos orgãos ambientais do Estado. A construção do Porto do Açu teve início em outubro de 2007, após licença ambiental e ampla discussão com a população, entidades públicas e privadas em audiências públicas. Quase dois anos depois, o MPF levanta dúvidas sobre a dimensão do projeto e sua constitucionalidade. No mínimo é bastante estranho esse posicionamento e configura total ausência desse orgão na defesa dos interesses da população.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra