Porto do Açu em São João da Barra


Os investimentos na construção do porto do Açu, no município de São João da Barra, tem fomentado diversos interesses de negócios mundo a fora. Os mais recentes estão indicados no memorando de intenções assinado, nesta terça feira, entre a LLX e a MMX com a empresa chinesa Wuhan Iron and Steel (wisco). Esta aproximação representa uma potencial parceria comercial e estratégica que pode incluir a construção de uma usina sideúrgica integrada de 5 milhões de toneladas na área do porto, além de outros negócios, como a aquisição de participação acionaria na MMX pelos chineses, fornecimento de minério pela MMX e serviços portários.
Conforme pode-se verificar, este município com, aproximadamente, vinte e oito mil habitantes passa por um momento de transição importante e precisa se profissionalizar para inserir a sua população nesse processo. Entretanto, algumas deficiências de infraestrutura são claramente observadas, o que alimenta as preucupações presentes, notadamente, na segurança pública, emprego, educação, saúde pública e saneamento básico.

Comentários

  1. Boa noite, essas deficiência não serão resolvidas da uma hora para outra, por ser um Município com vocação pesqueira e agrícola a meu ver pouco se pensou em qualificação, mas é melhor começar agora do que ficar esperando este emprendimento entrar em funcionamento. Então vamos a luta, pois os invesimentos estão aí e é preciso estar preparado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação