Movimentação do trabalho na Região Norte Fluminense

Os indicadores de trabalho admissão, rescisão e saldo nos municípios da região norte fluminense, no mês de em abril, mostram a importância das atividades econômicas que puxam o emprego formal e geram externalidades substantivas. Na análise em termos de saldo de trabalho, o município de Campos os Goytacazes apresenta o melhor resultado, em função da atividade canavieira que possibilitou a formação de 1.008 postos de trabalho liquido neste mês, ou seja, 2.620 admissões contra 1.612 desligamentos. O município de Macaé aparece em segundo lugar contabilizando 3.477 admissões contra 3.304 desligamentos, gerando um saldo de 173 vagas, cujo reflexo está na atividade petrolífera. Em terceiro lugar aparece o município de São João da Barra com um saldo de trabalho de 102 vagas, apuradas em função de 226 admissões contra 124 desligamentos no mês, cuja base econômica são os investimento no porto do Açu.
É importante observar que das três atividades em discussão, somente a atividade canavieira representa uma atividade econômica de base, já que sua origem é endógena, enquanto as outras duas atividades têm origem exógena. Isso quer dizer que, independente de vultosos investimentos externos em atividades de exploração de recursos naturais, as atividades de base são fundamentais e podem disseminar conhecimentos suficientes para a sua sustentabilidade e contribuição para o desenvolvimento regional.
Outro aspecto importante é que investimento de natureza exógena gera emprego e concorrência pelos postos de trabalho, já que os investimentos atraem um grande contingente de trabalhadores de fora. Em conseqüência os municípios precisam gastam mais para atender novas demandas e se beneficiam com o aumento do orçamento, em função do crescimento dos impostos e compensações. Esta equação nem sempre possibilita desenvolvimento econômico regional/local, basta verificar o fluxo de recursos financeiros da atividade petrolífera em direção aos municípios da região.

Veja distribuição dos indicadores por município da região.



Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego

Comentários

  1. Professor,

    Qual a fonte desta informação?

    Obrigada
    Márcia Silva

    ResponderExcluir
  2. Márcia, observe essa sequência:
    www.gov.br
    Dados estatísticos
    Caged
    Estatisticas
    Perfil do municipio

    Abraços, Alcimar

    ResponderExcluir
  3. Marcia, retificando o endereço: www.mte.gov.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra