Postagens

O legado do Projeto Capacitar para Transformar em São João da Barra

Imagem
Foto: Ramon Mulin

A experiência do projeto de extensão "Piscicultura Integrada no cultivo de Tilápia em São João da Barra" foi publicada pela editora Novas Edições Acadêmicas. O projeto funcionou de 2004 a 2010 no Balneário de Atafona e recebeu financiamento do Programa Fome Zero da Petrobrás que permitiu a construção das instalações hoje ocupadas pela Capitania dos Portos.  Apesar de descontinuado em função do desinteresse do poder público, já que o mesmo tinha cunho social, o conhecimento gerado pelo projeto é um legado importante. A publicação do livro "Instruções para o cultivo de Tilápias em Tanques Forrados com Plástico", organizado por Ana Paula Ribeiro Costa Erthal (doutora em Zootecnia e especialista em piscicultura pela UENF), Milton Erthal Junior (doutor em Agronomia e professor do IFFluminense) e Alcimar das Chagas Ribeiro (economista, doutor em Engenharia de Produção e professor da UENF) materializa  essa rica experiencia que está disponível para ser rep…

Taxa de desocupação é menor no 3º trimestre de 2017 em relação ao anterior mas maior do que o mesmo trimestre de 2016 no Rio de Janeiro

Imagem
A taxa de desocupação das pessoas de 14 anos ou mais de idade, na semana de referência, caiu de 15,6% no 2º trimestre de 2017 para 14,5% no  3º trimestre de 2017. Entretanto na comparação entre o 3º trimestre de 2017 e o mesmo trimestre de 2016, ocorreu um crescimento de 12,1% para 14,5% neste ano. NO Brasil o movimento foi o mesmo, queda no trimestre atual em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento no presente trimestre em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.  Já em relação ao rendimento médio real efetivamente recebido, o Rio de Janeiro teve um crescimento de  1,32% no 3º trimestre de 2017 em relação ao trimestre anterior e queda de 1,96% em relação ao mesmo trimestre de 2016. No Brasil foi verificado crescimento de 0,75% no 3º trimestre de 2017 em relação ao trimestre anterior e crescimento de 2,5% em relação ao mesmo trimestre de 2016. 

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Imagem
Conheci neste sábado em São João da Barra, um belo exemplo de reconstrução de capital social, o qual podemos conceituar como: “rede de cooperação, reciprocidade e confiança que permite construir ações coletivas éticas em benefício da própria coletividade”. Trata-se de um projeto de futebol para crianças de diversas idades, comandado pelos jovens atletas sanjoanenses Evaldo Sena e Danilo Cintra.
Vale a pena lembrar que por trás da simplicidade de um grupo de garotos correndo com a bola, se consolida um movimento cuja natureza envolve questões de ordem sociológica e antropológica relevantes. No caso específico, a interação colaborativa das famílias já é uma realidade. Os pais acompanham seus filhos e partilham recursos financeiros, enquanto as mães se organizam e preparam alimentos em tendas para a comercialização e a captação de recursos que vão fomentar as despesas inerentes ao esporte.
Importante lembrar que esse tipo de articulação social foi destruído ao longo do tempo na cidade e …

COPENHAGUE

http://g1.globo.com/globo-reporter/videos/t/edicoes/v/indices-de-violencia-em-copenhague-sao-os-menores-do-planeta/6297728/

FELICIDADES é função da combinação entre SIMPLICIDADE; COOPERAÇÃO e CONFIANÇA.

Barril de petróleo fecha a US$62,73 nessa sexta feira

Imagem
Preço do barril de Petróleo Brent reage e fecha a US$62,73 nessa sexta feira, com valorização de 2,23% em relação ao dia anterior. A valorização no mês atingiu 3,7% considerando a última cotação e a cotação do primeiro dia do mês.

Dólar fecha a semana a R$3,26 e mantém queda

Imagem
Dólar não reage a fecha a semana a R$3,262 com queda de -0,46% em relação ao dia anterior. A moeda atingiu uma das menores cotações em novembro. A desvalorização no mês é de 0,09%.

Queda leva o preço do barril de petróleo a US$61,48 nessa terça feira

Imagem
O preço do barril de petróleo voltou a cair nessa terça feira. A desvalorização atingiu 2,58% em relação ao dia anterior. Entretanto em novembro a commoditie valorizou 1,64% considerando a última cotação e a cotação do primeiro dia do mês.